Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

México descarta retaliação econômica contra Rússia

18:05 | Mar. 01, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, descartou nesta terça-feira uma retaliação econômica contra a Rússia, e criticou a censura a meios de comunicação daquele país após a invasão à Ucrânia.

"Não iremos adotar nenhuma represália de caráter econômico, porque queremos manter boas relações com todos os governos do mundo e estar em condições de conversar com as partes em conflito", disse o presidente mexicano em sua conferência matinal.

López Obrador acrescentou que não teve aproximação alguma com o presidente russo, Vladimir Putin, nem com o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski: "Não nos envolvemos."

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O presidente, de esquerda, também expressou seu desacordo com a censura aos veículos de comunicação russos. "Não concordo com o fato de que censurem meios de comunicação da Rússia ou de algum outro país. Temos que fazer valer a liberdade", defendeu.

O líder mexicano insistiu em que seu governo é "contra as invasões de Rússia, China e Estados Unidos", e que seu país já estabeleceu uma posição no Conselho de Segurança das Nações Unidas, onde é membro não permanente. "Estamos promovendo que a ajuda humanitária chegue à Ucrânia por meio da ONU, mas não podemos mais. Não podemos cair em um protagonismo que não tem a ver com a moderação que deve prevalecer na política externa", observou.

jla/yug/rsr/lb

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar