Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Espectro de guerra nuclear é maior do que em 1939, diz embaixador ucraniano na ONU

O embaixador da Ucrânia na Organização das Nações Unidas, Sergiy Kyslytsya, destacou em reunião especial de emergência do órgão que seu país "está vivendo uma guerra provocada pela Rússia, por uma pessoa que está escondida em um bunker". "E sabemos o que aconteceu em maio de 1945 com a pessoa que comandou a guerra em um bunker em Berlin."

De acordo com Kyslytsya, a guerra na Ucrânia tem paralelos com o início da Segunda Grande Guerra, que foi iniciada em primeiro de setembro de 1939, com a invasão da Polônia por forças alemãs de Adolf Hitler.

"Pedimos reunião de emergência da ONU, pois espectro de guerra nuclear é maior do que em 1939", destacou Kyslytsya. "Se Putin quer se matar, não precisa provocar uma guerra. Basta fazer o mesmo que fez o rapaz em um bunker em Berlin em maio de 1945."

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na avaliação do embaixador da Ucrânia na ONU, a guerra em seu país já matou 352 de seus compatriotas, entre eles 16 crianças.

"As Nações Unidas devem demandar que a Rússia pare a guerra e saia da Ucrânia de forma incondicional", apontou Kyslytsya. "Agora é o momento de agir e ajudar a Ucrânia. Se a Ucrânia não sobreviver, a paz no mundo não vai sobreviver. Se a Ucrânia não sobreviver, a democracia terá fracassado."

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar