Participamos do

Invasão da Rússia na Ucrânia: governo ucraniano confirma pelo menos 70 mortes

Durante a madrugada, a Rússia investiu contra a Ucrânia, após uma disputa de várias semanas entre Putin e os países ocidentais por suas exigências de que Kiev nunca seja um Estado membro da Otan
10:25 | Fev. 24, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

As primeiras horas da invasão russa na Ucrânia já somam pelo menos 70 mortes, segundo autoridades ucranianas. Dezoito pessoas morreram nesta quinta-feira, 24, em um bombardeio contra uma base militar 100 quilômetros ao norte de Odessa, em uma área próxima da fronteira com a Moldávia.

"Dezoito pessoas morreram, oito homens e 10 mulheres. No momento ainda estamos cavando entre os escombros", afirmou a administração regional em um comunicado.

O ataque aconteceu no primeiro dia da invasão da Rússia, iniciada durante a madrugada, contra a Ucrânia, após uma disputa de várias semanas entre o presidente Vladimir Putin e os países ocidentais por suas exigências de que Kiev nunca seja um Estado membro da Otan.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Mais cedo, um assessor do presidente ucraniano Volodimir Zelensky confirmou à imprensa que pelo menos 40 soldados e uma dúzia de civis foram mortos. "Sei que mais de 40 soldados ucranianos foram mortos e várias dezenas estão feridos e fala-se de uma dúzia de civis mortos" em todo o país, declarou Oleksiy Arestovych. Essas perdas foram causadas por ataques aéreos e de mísseis na manhã desta quinta, explicou.

Com informações da AFP

Rússia inicia invasão militar à Ucrânia

Rússia x Ucrânia: Qual o impacto de um conflito para o mundo?


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags