Participamos do

Ucrânia minimiza o pedido de Biden para que os americanos deixem o país diante de um possível conflito

10:46 | Fev. 11, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

As autoridades ucranianas minimizaram nesta sexta-feira(11)as declarações do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pedindo aos seus concidadãos que deixem este país devido ao risco de uma invasão russa.

"Não há nada de novo nesta declaração", disse o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba.

Dias atrás, o governo ucraniano já considerava exagerada a decisão de Washington de evacuar seu pessoal diplomático.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Conhecemos a posição dos Estados Unidos, que já fez esse tipo de declaração antes", disse Kuleba a repórteres.

"Eles já começaram a evacuar parte de seus funcionários da embaixada e familiares. Esta declaração não mostra nenhuma mudança radical na situação", acrescentou.

Na quinta-feira, o presidente Joe Biden pediu aos cidadãos dos EUA que "saiam agora" devido à suposta ameaça representada pelas forças russas.

osh-ant/alf/bl-jvb/es

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags