Participamos do

Canadá: Ontário declara estado de emergência por protesto 'ilegal' de caminhoneiros

14:36 | Fev. 11, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O primeiro-ministro de Ontário, o epicentro dos protestos contra as medidas sanitárias pela covid-19 no Canadá, declarou nesta sexta-feira (11) o estado de emergência em sua província devido às manifestações "ilegais" que se acontecem há duas semanas.

"Tomaremos as medidas necessárias para garantir a reabertura da fronteira. E aos assediados residentes de Ottawa lhes digo que vamos garantir que possam voltar à vida normal o mais rápido possível", disse Doug Ford em coletiva de imprensa.

O centro da capital federal canadense, Ottawa, situada em Ontário, está bloqueado há duas semanas por manifestantes que exigem a suspensão de todas as medidas sanitárias anticovid e se negam a encerrar o protesto.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Além disso, os manifestantes bloqueiam com caminhões a ponte Ambassador, um eixo comercial essencial que conecta Ontário com Detroit, nos Estados Unidos. Mais de 25% das mercadorias exportadas entre os dois países transitam por essa passagem fronteiriça.

"Faremos o necessário para acabar com esses bloqueios", acrescentou Ford, antes de se dirigir diretamente aos manifestantes: "Vão para casa agora".

"Emitiremos urgentemente ordens que deixarão claro que é ilegal bloquear e impedir o movimento de bens, pessoas e serviços em infraestruturas-chave", afirmou.

O primeiro-ministro conservador de Ontário foi alvo de críticas durante vários dias por sua inação frente aos manifestantes, que muitos atribuem a cálculos políticos, pois ele será candidato à reeleição em junho.

amc-tib/vgr/yow/ll/rpr

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags