Participamos do

Polícia cazaque lança bomba de efeito moral em manifestantes em Almaty

07:20 | Jan. 05, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A polícia do Cazaquistão disparou nesta quarta-feira (5) granadas de efeito moral contra uma multidão de 1.000 manifestantes em Almaty, a capital econômica deste país da Ásia Central, que se encontra em ebulição desde o aumento dos preços do gás.

Os manifestantes se reuniram em uma praça da cidade e se dirigiam para a sede do poder local.

A manifestação transcorreu de forma caótica, e a polícia parece ter usado gás lacrimogêneo, como já havia feito na noite de terça-feira, quando dispersou uma primeira concentração de 5.000 pessoas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Alguns meios de comunicação relataram tentativas de entrada no prédio da administração, mas sem conseguir confirmar as informações.

Manifestações não previamente autorizadas pelas autoridades são proibidas no Cazaquistão, uma antiga república soviética autoritária, mas também a principal economia da Ásia Central.

O movimento de revolta começou no domingo, depois do aumento nos preços do gás natural liquefeito (GNL) em uma cidade no oeste do país e se espalhou para a grande cidade regional de Aktau, às margens do Mar Cáspio, e depois para Almaty.

O presidente do Cazaquistão, Kassym Jomart Tokayev, destituiu seu governo nesta quarta-feira e declarou estado de emergência em duas regiões.

cr-pop/pz/mab/zm/tt

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags