Participamos do

Keanu Reeves doou 70% do salário ganho em Matrix para financiar pesquisas contra câncer

O protagonista da trama ganhou US$ 10 milhões iniciais, porém arrecadou US$ 35 milhões no total
22:53 | Jan. 04, 2022
Autor Neto Ribeiro
Foto do autor
Neto Ribeiro Repórter Mídias Sociais
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Conhecido por realizar ações filantrópicas, o ator Keanu Reeves virou assunto na internet mais uma vez, após a informação de ele ter doado 70% do salário recebido para estrelar Neo, no primeiro filme de Matrix que foi lançado em 1999, ter sido divulgada. O montante dado foi de aproximadamente R$ 250 milhões, sendo destinado às pesquisas contra o câncer. A informação é do jornal The New York Post. 

Em 1991, a irmã mais nova do artista, Kim, foi diagnosticada com leucemia e lutou contra a doença por cerca de 10 anos, até entrar na fase de remissão. Reeves, à época, dedicou seu tempo para cuidar da caçula da família, tendo gastado mais de US$ 5 milhões no custeio do tratamento.

E ao ver as dificuldades que sua irmã passou durante o percurso, Keanu resolveu criar uma fundação em 2009 para ajudar outras pessoas a combaterem o cânçer sanguíneo. Ele chegou a explicar que colaborava financeiramente com alguns hospitais infantis, além de pesquisas a cerca da patologia. "Não gosto de colocar meu nome nisso, apenas deixo a fundação fazer o que faz", afirmou à epoca.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Para reestrelar Neo nos cinemas no quarto filme da franquia, Matrix: Resurrections, que estreou nas telonas em 22 de dezembro do ano passado, Reeves cobrou um salário considerado baixo. Ele recebeu entre US$ 12 e US$14 milhões, conforme revelação do jornal britânico Daily Mail.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags