Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Elefantes selvagens destroem parque de safári em Bangladesh

11:30 | Jan. 02, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Uma manada de elefantes selvagens - uma espécie ameaçada - entrou no recinto de um safári em Bangladesh, ameaçando a segurança dos visitantes e de outros animais, advertiram as autoridades neste domingo (2).

Durante a semana, a manada, que conta com pelo menos 13 elefantes, derrubou um muro de concreto para entrar no parque de safári Bangabandhu Sheikh Mujib, ao norte da cidade costeira de Cox's Bazar.

"Estavam muito agitados, assustados e reagiam como se estivessem acuados", explicou o responsável pelo parque, Mazharul Islam. "São agora muito perigosos para os outros animais e para nossos visitantes", acrescentou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O parque conta com mais de 1.300 animais, entre eles tigres de Bengala, hipopótamos e outras espécies ameaçadas. Cerca de 5.000 pessoas visitam por dia o lugar na temporada de inverno do hemisfério norte.

"Estamos muito preocupados com os visitantes do parque", prosseguiu o responsável. "As rondas noturnas estão ficando complicadas porque os elefantes estão muito inquietos e reagem com agressividade", explicou.

Menos de cem elefantes selvagens vivem neste país do sul da Ásia, onde a redução de seu hábitat e de acesso a alimentos está provocando um conflito crescente com os humanos.

Os elefantes estão assustados pela crescente expansão das terras de cultivo, assim como pela morte de mais de dez membros de sua manada, assassinados nos últimos dois anos, segundo outro funcionário do parque.

A falta de alimentos empurra os elefantes para os campos de arroz, onde eles se eletrocutam com frequência nas cercas eletrificadas, acrescentou.

sam-str/sa/gle/jfx/lch/cls/sag/eg/rpr

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar