Participamos do

Total de vítimas de terremoto no Haiti sobe para 724 mortos

O primeiro-ministro, Ariel Henry, decretou estado de emergência no País
10:38 | Ago. 15, 2021
Autor Ana Flávia Marques
Foto do autor
Ana Flávia Marques Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Atualizada às 12h55

Após o terremoto de magnitude 7,2 na manhã de sábado, 14 de agosto, o Haiti foi atingido por um novo tremor durante a noite. Segundo o Centro Sismológico Europeu do Mediterrâneo (EMSC, em inglês), o novo terremoto de 5,9 ocorreu a uma profundidade de 8 km.

O primeiro tremor deixou pelo menos 720 mortos, de acordo com atualização da Defesa Civil neste domingo para AFP. As cidades mais afetadas foram de Cayes e Jérémie, situadas no sudoeste da ilha. Os números ainda não foram atualizados após o segundo terremoto.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Leia também | Talibã está prestes a tomar o poder no Afeganistão

O primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, decretou estado de emergência por 30 dias e lamentou as mortes, informando que o governo já mobilizou recursos para ajudar as vítimas.

"Meus sentimentos aos parentes das vítimas deste sismo que gerou tantas perdas de vidas humanas e materiais em vários departamentos [equivalente a estados] do país", disse Henry. "Faço um apelo ao espírito de solidariedade e compromisso de todos os haitianos, a fim de nos unirmos para enfrentar esta situação dramática que vivemos. A união faz a força", declarou.

Leia também | Crianças e adolescentes de Brumadinho abraçam música após desastre

Residências, igrejas e prédios do governo foram destruídos com o terremoto e os hospitais estão lotados tratando dos feridos. O ex-prefeito de Cayes e atual senador Gabriel Fortuné foi encontrado morto, soterrado pelos escombros de um hotel, onde participava de uma reunião.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags