PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Itália oferece 28 mil euros para quem for morar em vilarejos da região da Calábria

A região da Calábria está próxima às ruínas históricas, montanhas e praias italianas

16:45 | 16/07/2021
Visão do Castello Ruffo, na cidade de Scilla, localizada na região italiana da Calábria, onde está sendo implantado o programa de incentivo a novos moradores (Foto: Peter Adams/Getty Images)
Visão do Castello Ruffo, na cidade de Scilla, localizada na região italiana da Calábria, onde está sendo implantado o programa de incentivo a novos moradores (Foto: Peter Adams/Getty Images)

A região da Calábria, no sul da Itália, está em busca de novos moradores para os seus vilarejos. O novo programa do governo deve oferecer 28 mil euros, cerca de 170 mil reais, para quem se mudar para o local. O projeto prevê atrair moradores para as cidades com menos de 2 mil habitantes. O estímulo financeiro será garantido por, no máximo, três anos.

Para participar do programa é preciso ter entre 18 e 40 anos, estar disposto a se mudar em até 90 dias e abrir um negócio local ou trabalhar em vagas ofertadas na região. Segundo a CNN, nove cidades estão em busca de novos habitantes: Civita, Samo e Precacore, Aieta, Bova, Caccuri, Albidona, Sant'Agata del Bianco, Santa Severina e San Donato di Ninea.

LEIA MAISIslândia reduz jornada de trabalho para quatro dias semanais

Os candidatos aceitos no programa devem receber uma renda mensal de até 1 mil euros, cerca de 6,2 mil reais. Segundo um conselheiro regional, Gianluca Gallo, para os que desejam abrir um novo empreendimento no local, o benefício pode ser pago em uma única vez.

O objetivo do projeto é diminuir e declínio populacional e revitalizar a região, atraindo jovens para integrarem o mercado de trabalho local. A região da Calábria está próxima às ruínas históricas, montanhas e praias italianas.