PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

"Acredito que seremos os vencedores", declara Biden na reta final da disputa pela Casa Branca

Estão em suspenso os resultados em cinco estados, mas Biden indicou: "Está claro que conquistamos estados suficientes para alcançar os 270 votos eleitorais."

19:45 | 04/11/2020
O candidato presidencial democrata Joe Biden aprece na liderança da corrida presidencial dos Estados Unidos e enfrenta críticas e acusações de fraude por parte do adversário, Donald Trump (Republicanos) (Foto: ANGELA WEISS/AFP)
O candidato presidencial democrata Joe Biden aprece na liderança da corrida presidencial dos Estados Unidos e enfrenta críticas e acusações de fraude por parte do adversário, Donald Trump (Republicanos) (Foto: ANGELA WEISS/AFP)

O candidato democrata, Joe Biden, disse nesta quarta-feira que não irá se declarar vencedor das eleições presidenciais americanas, mas que acredita que, após concluída a apuração, ele será o ganhador. O clima de vitória cresce mesmo em meio aos protestos de Trump que acusa os Democratas de fraudarem o processo eleitoral

LEIA TAMBÉM | Trump x Biden: saiba quais estados já fecharam votação e quem está na frente nas eleições dos EUA

"Quando terminar a apuração, acredito que seremos os vencedores", disse Biden em breve declaração lida em Wilmington, Delaware, à medida que diminui a incerteza envolvendo a contagem dos votos, depois que os estados-chave de Michigan e Wisconsin foram conquistados pelos democratas, segundo a imprensa americana.

Estão em suspenso os resultados em cinco estados, mas Biden indicou: "Está claro que conquistamos estados suficientes para alcançar os 270 votos eleitorais." O candidato democrata soma 264 eleitores dos 270 necessários para se tornar presidente americano, frente a 214 para Trump.

Mas ante a estratégia da campanha do presidente americano, de contestar a apuração em Wisconsin, Michigan e Pensilvânia e recorrer à Justiça para interromper o processo, Biden afirmou que "todos os votos têm que ser contados. Nós, o povo, não seremos intimidados."

SAIBA MAIS











ACOMPANHE AQUI O RESULTADO DAS ELEIÇÕES DOS EUA