PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Casal pede vinho mais barato e recebe garrafa de US$ 2 mil por engano em restaurante de Nova York

O gerente do estabelecimento confundiu dois pedidos, mas no fim, o casal pagou US$ 18 por vinho raro

07:16 | 27/10/2020
Relato foi compartilhado pelo dono do restaurante, Keith McNally, no Instagram na última quinta-feira, 22. (Foto: Reprodução/ Instagram )
Relato foi compartilhado pelo dono do restaurante, Keith McNally, no Instagram na última quinta-feira, 22. (Foto: Reprodução/ Instagram )

Durante jantar no restaurante Balthazar, em Nova York, nos Estados Unidos, um casal pediu o vinho mais barato da casa e, por engano, recebeu uma garrafa de US$ 2 mil, cerca de R$ 11 mil. A confusão aconteceu após o gerente do restaurante trocar o pedido do casal com o de quatro executivos de Wall Street. As informações são do portal G1.

De acordo com o dono do estabelecimento, Keith McNally, os executivos haviam pedido o vinho Chateau Mouton Rothschild da safra de 1989, mas acabaram recebendo o vinho de US$ 18 e não perceberam que se tratava de uma bebida barata.

O erro aconteceu pois as duas garrafas de vinho dos dois pedidos foram desengarrafados e colocados em decantadores, para que o vinho pudesse "respirar". Sem o rótulo, o gerente da casa acabou levando o mais caro para o jovem casal e o vinho barato para os homens de negócios.

"Meus funcionários contaram que um dos empresários, o que escolheu a bebida, se disse ser um grande conhecedor de vinhos. Ele ficou se gabando enquanto dizia que o vinho que tinha provado, o barato, era extremamente puro", contou McNally no Instagram.

O proprietário do restaurante não descreveu exatamente quando o caso aconteceu, mas narrou a história em seu perfil no Instagram na última quinta-feira, 22. Ele contou que estava em casa quando os funcionários o chamaram para uma urgência no restaurante.

"Os executivos estavam claramente muito felizes e sem perceber o que tinha acontecido. Isso me colocou em meio a um dilema: eu deveria contar sobre a confusão ou deixá-los seguir em sua abençoada ignorância?", escreveu o empresário.

McNally contou ter escolhido “fazer a coisa certa” ao avisar sobre a troca tanto para os quatro executivos quanto para o casal. De acordo com ele, o “conhecedor” de Wall Street disse ter pensado que aquele não fosse um Mouton Rothschild, mas não falou nada. Com os fatos esclarecidos, os homens receberam uma garrafa nova da bebida mais cara, enquanto o jovem casal, não teve a bebida trocada e pagaram apenas o valor do vinho mais barato.