PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Quino, cartunista argentino criador de Mafalda, morre aos 88 anos

A informação foi confirmada por seu editor, Daniel Divinsky, por meio do Twitter.

12:27 | 30/09/2020
Quino e uma escultura de sua personagem Mafalda, em 2009, em Buenos Aires, na Argentina (Foto: AFP/Alejandro Pagni)
Quino e uma escultura de sua personagem Mafalda, em 2009, em Buenos Aires, na Argentina (Foto: AFP/Alejandro Pagni)

 

O cartunista Joaquín Salvador Lavado Tejón, o Quino, argentino conhecido por criar as histórias em quadrinhos da personagem Mafalda, morreu aos 88 anos. A informação foi confirmada por seu editor, Daniel Divinsky, por meio do Twitter nesta quarta-feira, 30. A causa da morte não foi divulgada.

"Quino morreu. Todas as pessoas boas do país e do mundo o lamentarão", escreveu Divinsky. O aniversário de 56 anos da primeira publicação de Mafalda foi celebrado ainda ontem, 29 de setembro.


Quino nasceu em 1932, em Mendoza, na Argentina, onde voltou a morar desde 2017, após a morte de sua mulher, Alicia Colombo. Ele foi o criador de histórias em quadrinhos mais traduzidas da língua espanhola.

A menina Mafalda é conhecida como uma garota esperta, inconformada com a realidade do mundo e que brinca com metáforas sobre problemas políticos e sociais.