PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Anúncio da morte de Chadwick Boseman é a postagem mais curtida da história do Twitter

Até a tarde deste domingo, 30, a publicação havia alcançado mais de 7 milhões de curtidas

Wanderson Trindade
16:12 | 30/08/2020
Até a tarde deste domingo, 30, a publicação havia alcançado mais de 7 milhões de curtidas (Foto: Reprodução / Twitter)
Até a tarde deste domingo, 30, a publicação havia alcançado mais de 7 milhões de curtidas (Foto: Reprodução / Twitter)

“Tributo digno de rei”, foi como definiu o Twitter o feito alcançado pela publicação que anunciou a morte do ator americano Chadwick Boseman. A postagem atingiu mais de 7 milhões de curtidas, tornando-se assim o tuíte mais curtido da história da rede social.

A postagem foi feita na última sexta-feira, 28, na própria rede social do ator, que estrelou em filmes como “Pantera Negra”, “Vingadores: Ultimato”, “Crime sem saída”, “Marshall” e “Destacamento Blood”.

A mensagem, acompanhada por uma foto do ator e uma nota de sua família, havia alcançado mais de 7 milhões de curtidas até as 15h40min deste domingo, 30.

Tal recorde pertencia anteriormente à postagem do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em agosto de 2017. Nela, o ex-chefe máximo do poder americano fazia referência a um ataque com automóvel contra manifestantes contrários à marcha da extrema direita em Charlottesville, na Virgínia.

Obama havia tuitado a frase "Ninguém nasce odiando outra pessoa por causa da cor de sua pele ou de sua origem ou sua religião...", do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela. Aquela publicação obteve 4,3 milhões de curtidas.