PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Relatório Pisa, que avalia a educação no Mundo, é adiado para 2023 por pandemia

O último relatório, realizado com 600.000 jovens de 15 anos de 79 países e territórios, foi publicado em dezembro passado

13:09 | 17/07/2020
Pisa é responsável por fazer um panorama geral do desempenho dos sistemas educacionais. (Foto: Agência Brasil)
Pisa é responsável por fazer um panorama geral do desempenho dos sistemas educacionais. (Foto: Agência Brasil)

O relatório do Pisa, programa internacional de avaliação de alunos que a cada três anos estabelece um panorama geral do desempenho dos sistemas educacionais, foi adiado para dezembro de 2023, em vez de dezembro de 2022, em razão da pandemia de coronavírus, informou a OCDE, responsável pela publicação.

"Em decorrência da crise da Covid-19, os países membros da OCDE decidiram adiar os próximos dois relatórios Pisa. Os alunos passarão pelo exame em 2022, e não em 2021, e os resultados serão publicados em dezembro de 2023. O relatório seguinte será publicado em 2026 e não em 2025", escreveu a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

Leia Também | Alunos de Sobral têm desempenho superior no Pisa à média do País

O último Pisa, realizado com 600 mil jovens de 15 anos de 79 países e territórios, foi publicado em dezembro passado. China e Singapura lideraram as classificações. Este programa internacional, criado em 2000, abrange três áreas (leitura, matemática e ciências) e se tornou uma referência mundial ao longo dos anos.