PUBLICIDADE
Mundo
Noticia

Confira o calendário astronômico durante o mês de abril

Se você gosta de astronomia, atente-se para as datas mais importantes do cosmos neste mês

18:19 | 01/04/2020
Abril será um bom mês para olhar para o céu
Abril será um bom mês para olhar para o céu (Foto: Julio Caesar)

Você se interessa por astronomia? Caso a resposta seja afirmativa, aponte os olhos para o céu e se prepare para um mês recheado de fenômenos cosmológicos. Pelos próximos 30 dias, o céu será um verdadeiro telão que transmitirá superlua, missão especial, conjunção entre planetas e luas e até mesmo chuva de meteoros.

Confira na sequência a data de nove datas especiais para as astronomia neste mês de abril.

7 de abril

Para recepcionar o mês com estilo, a maior e mais brilhante superlua de 2020 vai acontecer no próximo 7 de abril. Conhecido como “super pink moon”, o fenômeno não tem necessariamente relação com a cor rosa. Pelo menos não visualmente.

O batismo acontece porque este é o período em que a planta phlox subulata, típica dos EUA, floresce com suas pétalas rosas.

9 de abril

Em 9 de abril, será realizado lançamento da espaçonave Soyuz MS-16. Saindo de Baikonur, no Cazaquistão, três astronautas estarão a bordo desta que é a 63ª expedição à Estação Espacial Internacional (ISS). O lançamento acontecerá às 5h05min (horário de Fortaleza), com transmissão pela internet.

14 de abril

Conjunção da lua com Júpiter vai acontecer no próximo dia 14 de abril. Dando impressão de que o planeta aparecerá no céu “pertinho” do satélite, o fenômeno será visível a olho nu entre a meia-noite e as 6 horas.

15 de abril

Parecido com o dia anterior, em 15 de abril Saturno ficará em conjunção com a lua. O momento ficará visível entre as 0h24min até por volta 6 horas.

16 de abril

Seguindo a sequência, desta vez Marte é quem estará em conjunção com a lua. O par será visível a partir das 1h04min até as 6h04min. Saturno, Júpiter e Plutão estarão logo acima do satélite, o que torna esta uma oportunidade para ver vários astros de uma vez só.

Ainda em 16 de abril, a espaçonave Soyuz MS-15 irá retornar à Terra com os astronautas Andrew Morgan e Jessica Meir, dos EUA, e Oleg Skripochka, da Rússia. O evento será transmitido em tempo real pela internet.

21 e 22 de abril

Entre os dias 21 e 22 será registrado o pico da chuva de meteoros Líridas. Originários de uma “nuvem” de fragmentos do cometa Thatcher, o fenômeno atravessa a Terra anualmente nesta data. O momento ficará será visível a partir das 22h50min já do dia 16, mas será nos dias 21 e 22 que a “chuva” será mais intensa.

26 de abril

Última do mês, mais uma conjunção de planetas com a Lua vai acontecer em 26 de abril. Desta vez será Vênus, que fará par com a lua às 18h10min até às 20h21min.

28 de abril

Para fechar o mês, Vênus mostrará todo o seu brilho a partir das 18 horas de 28 de abril. Até às 20h20min, o planeta ficará visível a olho nu até se perder pelo horizonte.