PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

Caçadores matam duas das últimas três girafas brancas do mundo

As duas girafas encontradas mortas teriam sido vistas pela última vez há três meses.

10:17 | 11/03/2020
Guardas florestais encontraram as carcaças de uma fêmea e seu filhote em um vilarejo no nordeste do Quênia.
Guardas florestais encontraram as carcaças de uma fêmea e seu filhote em um vilarejo no nordeste do Quênia. (Foto: HIROLA CONSERVANCY/BBC BRASIL)

Ambientalistas acreditam que, após ação de caçadores, exista apenas uma girafa branca no mundo. Guardas florestais encontraram as carcaças da fêmea e do filhote em um vilarejo no condado de Garissa, no nordeste do Quênia. A existência de girafas brancas teve repercussão em 2017 após serem fotografadas. A aparência branca é por causa de uma condição rara que faz com que as células da pele não tenham pigmentação. As informações são da BBC Brasil. 

De acordo com o chefe da Preservação Comunitária do Quênia, Ishaqbini Hirola, Mohammed Ahmednoor, as duas girafas encontradas mortas teriam sido vistas pela última vez há três meses. "Seu assassinato é um golpe para os importantes passos dados pela comunidade para preservar espécies raras e únicas e um alerta para o apoio contínuo aos esforços de preservação", afirmou. 

Os caçadores ainda não foram identificados e A Kenya Wildlife Society, o principal órgão de preservação da África Oriental, disse que está investigando os assassinatos.