PUBLICIDADE
Mundo
NOTÍCIA

EUA têm menor taxa de desemprego em quase 50 anos

00:03 | 06/05/2019
Criação de 263 mil novos postos de trabalho em abril fez taxa recuar de 3,8% para 3,6%. Trump celebra resultado. "O mundo nos inveja", disse presidente.O índice de desemprego nos Estados Unidos caiu de 3,8% para 3,6% em abril, o menor nível desde dezembro de 1969, em um novo sinal da solidez da maior economia do mundo. O relatório do Departamento do Trabalho divulgado na sexta-feira (03/05) indicou que o país criou 263 mil postos de trabalho em abril, um patamar acima das previsões de analistas. A expectativa era de manutenção dos 3,8% ou que "apenas" 217 mil novos empregos seriam criados. Além disso, o órgão revisou para cima os dados registrados em março. Foram 189 mil empregos gerados no mês, 16 mil a mais que o inicialmente informado após as correções. O salário médio pago aos americanos também cresceu, segundo o Departamento de Trabalho, para 27,77 dólares a hora. Nos últimos 12 meses, o valor pago aos trabalhadores subiu 3,2%. Esta foi a 103ª queda consecutiva do desemprego nos Estados Unidos, a sequência mais longa desde que os dados começaram a ser coletados pelo Departamento de Trabalho. "É assombroso que a economia continue criando empregos nesse ritmo enquanto o desemprego chega a níveis mínimos", analisou Justin Wolfers, professor de Economia da Universidade de Michigan. Para efeito de comparação, a taxa de desemprego no Brasil subiu para 12,7% no trimestre encerrado em março, atingindo 13,4 milhões de pessoas. Pelo Twitter, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, celebrou os números do mercado de trabalho americano. "Trabalho, trabalho, trabalho", disse o republicano. "Todos nós podemos concordar que os EUA são, agora, o número um. Nós somos a inveja do mundo e o melhor ainda está por vir", completou. Após o anúncio, o índice Dow Jones Industrial fechou nesta sexta-feira em alta de 0,75%. O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 197,16 pontos e chegou a 26.504,95. Já o seletivo S&P 500 avançou 0,96%, até 2.945,64, enquanto o índice composto da Nasdaq subiu 1,58%, para 8.164,00 pontos. Todos os setores terminaram em terreno positivo, liderados pelo de bens não essenciais (1,40%), o industrial (1,24%) e o de comunicações (1,16%). JPS/efe ______________ A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Fonte: DW | dw-world.de

TAGS