PUBLICIDADE
Notícias

Resposta israelense em Gaza foi "totalmente desproporcional", afirma comissário da ONU

07:11 | 18/05/2018

A resposta de Israel às manifestações palestinas em Gaza foi "totalmente desproporcional", afirmou o Alto Comissário de Direitos Humanos da ONU, Zeid Ra'ad Al Hussein, que defende a ideia de uma investigação internacional independente.

 

"O forte contraste no número de vítimas dos dois lados sugere que a resposta (de Israel) foi totalmente desproporcional", disse o Alto Comissário em uma reunião na sede da ONU em Genebra. Ele citou "mortes resultantes do uso ilegal da força" e apoiou os "pedidos de vários Estados e observadores a favor de uma investigação internacional, independente e imparcial".

 

Zeid Ra'ad Al Hussein disse que os atos dos palestinos durante as recentes manifestações "não pareciam constituir uma ameaça iminente de morte ou de ferimentos que justificasse o uso de uma força letal". O comissário recordou que os palestinos têm os mesmos direitos que os israelenses, mas que, "de fato, são retidos em uma favela do nascimento até a morte".

 

Em resposta à organização desta reunião, Aviva Raz Shechter, representante permanente de Israel no Palácio das Nações, sede da ONU em Genebra, lamentou "que mais uma vez" o Conselho dos Direitos Humanos incorra em uma "obsessão anti Israel" e se deixe enganar pela "cínica utilização que o Hamas faz de seu próprio povo". 

AFP

TAGS