PUBLICIDADE
Notícias

Concerto marca aniversário de 92 anos da rainha Elizabeth II

16:00 | 21/04/2018
NULL
NULL

A rainha Elizabeth II do Reino Unido celebra neste sábado, 21, aniversário de 92 anos com as tradicionais salvas de canhão em sua homenagem. Ela acompanhará concerto por ocasião da cúpula da Commonwealth (Comunidade Britânica) realizada em Londres.

 


[FOTO1]

Como é tradicional, o aniversário de Sua Majestade foi saudado com 41 tiros de canhão no Hyde Park e 62 na Torre de Londres, enquanto que na mudança da guarda real no Palácio de Windsor, uma banda militar tocou "Parabéns para Você".


Nascida em 21 de abril de 1926, e rainha desde 1952, a decana dos monarcas costuma festejar seu aniversário duas vezes: em particular, no dia de seu nascimento, e depois em uma cerimônia oficial no mês de junho, no verão europeu, para escapar do mau tempo.


Mas, desta vez, a rainha e sua família assistirão um concerto no Royal Albert Hall de Londres, com artistas procedentes dos 53 países da Commonwealth - que agrupa as nações que foram colonizadas ou estiveram sob o controle do Reino Unido.


A australiana Kylie, o canadense Shawn Mendes, o grupo sul-africano Ladysmith Black Mambazo e a estrela jamaicana do reggae Shaggy figuram entre os artistas que participam no show, além dos britânicos Tom Jones, Craig David e Sting, entre outros.


Os dirigentes da Commonwealth anunciaram na sexta-feira que o príncipe Charles, filho da rainha Elizabeth II, a sucederá como chefe da organização simbolicamente. Elizabeth II está à frente da Commonwealth desde a morte de seu pai, o rei Jorge VI, em 1952.


A soberana reduziu nos últimos anos seus compromissos oficiais, e parece passar pouco a pouco essas obrigações ao príncipe Charles, de 69 anos. O marido da rainha, o duque de Edimburgo, 96, aposentou-se como consorte real em agosto de 2017.


Ele não se retirou completamente da vida pública e continua acompanhando a rainha, quando deseja, em algumas aparições públicas. Recentemente, foi submetido com sucesso a uma cirurgia de prótese no quadril. Especialistas asseguram que a rainha não prevê abdicar do trono.

AFP

TAGS