PUBLICIDADE
Notícias

Igreja abençoa fuzis como "cajados de ferro"

Um porta-voz da igreja afirmou que a cerimônia já havia sido pensada há muito tempo, antes de o atirador abrir fogo contra alunos e professores em Parkland

18:23 | 02/03/2018
NULL
NULL

[FOTO1]

O Santuário da Paz Mundial e da Unificação na Pensilvânia recebeu centenas de casais portando rifles, a fim de que seus casamentos fossem abençados e, também, celebrar as armas como "cajados de ferro". O entendimento é o de que as armas poderiam ter salvado vidas no recente massacre numa escola da Flórida, que vitimou 17 pessoas. A informação é do portal O Globo.

Em nota, o reverendo da igreja, Hyung Jin Moon, afirmou que cada um pode usar o "cajado" para proteger os "filhos de Deus", não para oprimir ou matar, práticas recorrentes em "reinos satânicos deste mundo".

Um porta-voz da igreja afirmou que a cerimônia já havia sido pensada há muito tempo, antes de o atirador abrir fogo contra alunos e professores em Parkland. Os estudantes do ensino fundamental de uma escola próxima ao evento foram realocados no decorrer no dia dessa quinta-feira, para manter-se distantes dos defensores de armas.

O Santuário da Paz Mundial e da Unificação é uma dissidência da Igreja da Unificação, fundada pelo filho do reverendo Moon, líder religioso sul-coreano morto em 2012 aos 92 anos. A instituição não apoia o evento ocorrido na Pensilvânia.

 

Redação O POVO Online

TAGS