PUBLICIDADE
Notícias

Equipe de TV flagra venda de arma a garoto de 13 anos

Equipe de televisão acompanhou adolescente em locais com vendas de produtos proibidos para menores, nos Estado Unidos

20:21 | 23/02/2018
NULL
NULL
[FOTO1]A equipe da emissora de televisão por assinatura americana HBO fez um teste com um garoto de apenas 13 anos. "Jack" foi acompanhado pela equipe em um passeio por uma cidade no estado da Virginia, nos Estados Unidos.

O teste consistia em o garoto tentar comprar itens com venda proibida para menores de idade. "Jack", acompanhado por câmeras escondidas da emissora, tentou comprar cerveja, cigarros, revistas de conteúdo adulto e bilhetes de loteria. Em todos os casos, foi barrado por ser menor de 18 anos, e, no caso de bebidas alcoólicas, 21 anos.

O último local visitado por "Jack" e a equipe foi uma loja de armas. No local, em menos de 10 minutos o adolescente comprou um rifle calibre 22. Durante a venda, o dono da loja ainda o aconselhou sobre qual seria o melhor tipo de arma para o biotipo do garoto.
 
[VIDEO1] 
 
O experimento foi feito, após os Estados Unidos enfrentarem mais um ataque a tiros em escolas. Nikolas Cruz, de 19 anos, invadiu uma escola em Parkland, Flórida, e matou 17 pessoas.
  
[FOTO2] A arma usada no ataque à escola é similar a que "Jack" comprou na loja de armas.

Feira de armas

Quatro dias após o massacre na escola Parkland, era realizada o Flórida Gun Show na cidade de Miami, distante uma hora de carro da escola.

No site do evento a promessa de que eles "desfrutariam de uma enorme exibição de armas de fogo, munições, carregadores, facas e muito mais".
 
[FOTO3]
 
Segundo informa a BBC Mundo, a feira teve as vendas aquecidas após o ataque à escola, diferente do era esperado. Participantes se aglomeravam em filas antes do evento, pois houve o temor de que armas como a AR-15 tivessem a venda proibida.
 
Redação O POVO Online 
TAGS