PUBLICIDADE
Notícias

Tremor de magnitude 6,4 causa pânico na capital da Indonésia

07:36 | 23/01/2018

Centenas de pessoas abandonaram suas casas e seus escritórios e correram para as ruas dominadas pelo pânico causado nesta terça-feira, 23, por um potente tremor de magnitude 6,4 que sacudiu Jacarta, a capital da Indonésia.

As autoridades não emitiram alerta de tsunami ou forneceram informações sobre vítimas. O epicentro do tremor foi 81 km a sudoeste da província de Banten, frente ao litoral de Java, indicou a Agência Meteorológica, Climatológica e Geofísica da Indonésia (BMKG).

O tremor ocorreu 43 km de profundidade, indicou, por sua parte, o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). O terremoto foi sentido durante cerca de 20 segundos e, em seguida, moradores e empregados abandonaram as casas e os prédios, alguns com calma, outros em pânico, atendendo aos chamados para abandonar as construções. As pessoas se aglomeraram em meio a grandes avenidas, já lotadas por veículos em pleno horário de trabalho. "Estaba sentada e, de repente, o prédio tremeu.

 

Foi muito forte, por isso saí correndo do edifício, estava com medo", contou à AFP Suji, uma vencedora do shopping Sarinah, situado no coração da capital. Pouco depois do terremoto, começaram a ser postadas nas redes sociais fotos mostrando as rachaduras abertas em algumas ruas e outros danos menores em edifícios e veículos estacionados na via pública. O terremoto aconteceu enquanto o secretário de Defesa de Estados Unidos, James Mattis, realizava uma visita oficial a Jacarta.

 

"O epicentro se situou em uma área propensa a terremotos. É muito provável que ocorram réplicas", alertou o diretor do BMKG, Dwikorita Karnawati, em declarações ao canal Metro TV. A Indonésia, que conta com mais de 17.000 ilhas, está situada no Cinturão de Fogo do Pacífico, onde se registra uma importante atividade sísmica e vulcânica devido à constante fricção de placas tectônicas. Em 16 de dezembro passado, um tremor de magnitude 6,5 atingiu a ilha de Java e causou três mortos. Em dezembro de 2016, um terremoto na província de Aceh, na ponta norte da ilha de Sumatra (oeste), deixou mais de cem mortos e milhares de pessoas sem casa. Em dezembro de 2014, um terremoto de magnitude 9,1, que gerou um gigantesco tsunami, causou mais de 170.000 mortos. bur-bfi.zm/cn

AFP

TAGS