PUBLICIDADE
Notícias

Entenda porque Neymar foi vaiado pela torcida mesmo marcando quatro gols

Jogador Meunier disse que o brasileiro estava tranquilo e sorridente dentro do vestiário

12:50 | 18/01/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
A atuação de Neymar na última partida do PSG foi a melhor desde que o jogador chegou ao time parisiense. Mesmo marcando quatro gols, duas assistências e um festival de dribles e tentativas de chutes, o brasileiro foi vaiado pela torcida. O motivo das vaias? Quando o juiz marcou o pênalti a favor do PSG, Neymar pegou a bola e fez a cobrança do pênalti, não deixando o jogador Cavani, que sofreu a penalidade, fazer a cobrança. 

O uruguaio não deu sinal de que iria fazer a cobrança, mas a torcida vaiou o brasileiro e gritou pelo nome do camisa 9. Se Cavani convertesse a penalidade, chegaria a 157 gols usando a camisa do PSG e ficaria isolado como maior artilheiro do clube. 

Ao fim do jogo, Neymar não se juntou aos companheiros do clube e não cumprimentou a torcida, e se recusou a dar entrevistas. O repórter oficial da partida correu atrás do camisa 10 para entregar o troféu de melhor jogador do confronto. Após receber o prêmio, Neymar entrega o troféu a um membro da comissão técnica do PSG. 

O técnico do Paris-Saint-Germain, Unai Emery, deu total apoio ao jogador e ressaltou que Neymar é o artilheiro do time e a equipe o ajudou a atingir essa marca individual. Destacou também que o camisa 10 bateu o pênalti porque estava em uma noite inspirada. Em relação à marca de Cavani, o treinador disse que não faltará oportunidade para o uruguaio fazer gols. 

O lateral Thomas Meunier também defendeu Neymar, mas afirmou que ele poderia ter cedido a cobrança para Cavani. Meunier disse que as vaias foram ingratas, que o brasileiro fez quatro gols e deu duas assistências. Além de afirmar que o brasileiro estava sorridente no vestiiário, Meunier disse que o jogador teve apenas uma atitude impulsiva e ficou magoado no momento.
 
Redação O POVO Online 
TAGS