PUBLICIDADE
Notícias

ONU diz que Mianmar planejou ataques contra rohingyas

14:45 | 18/12/2017

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra'ad Al Hussein, disse nesta segunda-feira à AFP que Mianmar planejou a perseguição da minoria muçulmana rohingya, provocando um êxodo em massa, o que parece um possível genocídio.

"Para nós está claro que essas operações foram organizadas e planejadas", afirmou em uma entrevista sobre o drama dessa minoria.

"Não se pode excluir a possibilidade de atos de genocídio", enfatizou.

A perseguição contra esta minoria deixou milhares de mortos e obrigou que 655.000 rohingyas fugiram para a vizinha Bangladesh desde agosto.

AFP

TAGS