PUBLICIDADE
Mundo
estados unidos

Enfermeiro morto em ataque de Las Vegas conseguiu salvar a vida da esposa

O crime ocorreu na madrugada desta segunda-feira durante um festival de música

22:40 | 02/10/2017

Sonny Melton e sua esposa (Foto: Reprodução Facebook)
 

Primeira vítima identificada do ataque em Las Vegas, ocorrido na madrugada desta segunda-feira, 2, era enfermeiro e morreu ao lado da esposa. Sonny Melton teve a morte confirmada pela família à estação "WZTV", de Nashiville. A esposa do enfermeiro, Heather Melton, afirmou que o marido salvou sua vida.

"A este ponto, eu estou em completa descrença e desespero. Eu não sei o que falar. Sonny era a pessoa de coração mais gentil e mais amável que já conheci. Ele salvou a minha vida e perdeu a dele", afirmou Heather à imprensa americana por meio de um comunicado.

 

Nas redes sociais do casal, internautas continuam enviando mensagens de solidariedade à família. O casal morava no Tennessee e tinham viajado para Las Vegas para o festival de música country Route Harvest 91.

Sonny trabalhava como enfermeiro no Hospital Geral do Condado de Jackson-Madison. Colegas de trabalho postaram homenagens ao amigo em redes sociais. O irmão de Sonny, Brandon Melton, fez em perfil do Facebook uma homenagem ao irmão: "Sonny, você vai fazer falta, mas nunca será esquecido. Outra vida tirada muito cedo", escreveu.

O ataque a tiros que deixou ao menos 58 mortos e mais de 500 pessoas feridas durante a apresentação do cantor country Jason Aldean. O atirador identificado como Stephen Paddock, um aposentado de 64 anos, não tinha passagens pela polícia e nem envolvimento com grupos terroristas, e ainda não esta clara as motivações do crime que já é considerado o maior ataque armado da história recente americana.

Redação O POVO Online