PUBLICIDADE
Notícias

EI usa menino de 10 anos para enviar 'recado' para Trump

Criança foi identificada como filho de soldado norte-americano

14:24 | 23/08/2017

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) usou um menino norte-americano de 10 anos para enviar uma mensagem de guerra ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nesta quarta-feira, 23, informou o portal "SITE".

De acordo com a publicação especializada em propaganda jihadista na internet, o menino afirma que a "batalha terminará no seu território" e diz estar na cidade síria de Raqqa, considerada a "capital do califado" do Isis. A localidade foi recentemente alvo de um grande ataque aéreo feito pela coalizão internacional liderada por Washington, que deixou dezenas de civis mortos, e é um dos últimos redutos do Daesh.

Segundo o "SITE", o menino é filho de um soldado norte-americano que combateu na guerra do Iraque e que foi para a Síria por decisão de sua mãe.

Diversos analistas apontam que o grupo extremista, por conta de suas recentes derrotas, tem usado cada vez mais crianças para os combates.

Já o britânico "Daily Mail" publicou uma matéria afirmando que "os serviços de Inteligência" da Europa detectaram que o EI pretende fazer atentados terroristas contra igrejas no continente.

O grupo que fez o ataque em Barcelona, por exemplo, tinha como alvo maior a Basílica Sagrada Família, mas um incidente na produção das bombas fez a célular mudar de plano.

Fonte: ANSA

TAGS