PUBLICIDADE
Notícias

Pete Frates, o criador do Desafio do Balde de Gelo, está hospitalizado, mas passa bem

Sobre o estado de saúde do americano, sua família escreveu: "Batalhando o melhor que pode contra a ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica), como um super herói"

14:04 | 03/07/2017
Captura de tela da página do portal do O Globo onde a notícia anuncia a morte de Pete Frates
Captura de tela da página do portal do O Globo onde a notícia anuncia a morte de Pete Frates

[FOTO1]

Pete Frates, um dos criadores do "Ice Bucket Challenge", que correu o mundo em 2014, (conhecido como "Desafio do Balde de Gelo" no Brasil), está hospitalizado "batalhando o melhor que pode contra a ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica), como um super herói", de acordo com um post publicado pela sua família. Muitos tweets e mesmo portais comunicaram a morte do ex-jogador de beisebol, na manhã desta segunda-feira, 3.

Para desmentir as notícias de sua morte, o próprio Pete colocou um vídeo em seu twitter em que aparece de frente para a câmera, consciente e de olhos abertos. Isso tudo enquanto a música "I'm Still Alive" ("Eu Ainda Estou Vivo" em tradução livre) do Pear Jam toca ao fundo. No tweet, ele diz: "Nas palavras do meu amigo Ed", em referência a letra da música no vídeo e ao nome do vocalista da banda Eddie Vedder.

[VIDEO1] 

A família também respondeu através em uma postagem na página do Facebook Team FrateTrain: "Atualização sobre Pete - 3 de Julho! A família de Pete quer que todos saibam que Pete está descansando confortavelmente no MGH (Massachusetts General Hospital) enquanto os médicos, medicamentos, preces e amor continuam a ajudar ele a ficar mais forte. Obrigado a todos vocês pela preocupação".

[VIDEO2] 

Pete Frates, hoje com 32 anos, convive com a doença desde 2012. Ele era jogador do Lexington Blue Sox em Boston, nos Estados Unidos, e percebeu a doença quando uma bola bateu no seu pulso e a dor não passava. Esse foi o primeiro sintoma que levou ao diagnóstico. Depois de dois anos, a doença foi avançando e ele já não andava e nem falava.

TAGS