PUBLICIDADE
Notícias

Homem perde 30 quilos e leva aposta no valor de US$ 1 milhão

Fisher diz que "foi com tudo", mergulhando na academia por horas, diariamente, e se alimentando de forma leve

16:10 | 21/07/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Um jogador profissional de pôquer norte-americano perdeu 30 quilos após apostar com seus colegas jogadores que seria capaz de reduzir seu percentual de gordura para 10% em apenas seis meses. O prêmio era de US$ 1 milhão.

Walter Fisher, 36, disse ao ABC News que atribuia a culpa do recente ganho de peso em seu constante trabalho em cassinos. "Eles têm todos aqueles incríveis, maravilhosos, ricos restaurantes e eu só comecei a pedir baciada: vitela à parmegiana, massas", brincou. Ele disse que, com o passar do tempo, ganhou muito peso a ponto de se olhar no espelho e não se reconhecer.

De acordo com o jogador, há oito meses ele pesava mais de 110kg. No mesmo período, diz, algumas derrotas na mesa de jogos o deixaram com meio milhão de dólares em dívidas.

Foi então que alguns de seus colegas apostadores o desafiaram a atingir os 10% de gordura corporal em seis meses. A aposta inicial era US$ 600 mil, mas a entrada de outras pessoas chegou a elevar o valor a US$ 1 milhão. Fisher diz que "foi com tudo", mergulhando na academia por horas, diariamente, e se alimentando de forma leve. Ele chegou a contratar um personal trainer, Chris DiVecchio.

[VIDEO1]

"Ele estava numa maré de má sorte", afirma DiVecchio, dono da academia Premier Mind & Body, em Los Angeles, sobre quando conheceu Fisher. Mas o personal relata que, ao mesmo tempo, conseguia ver uma luz em seus olhos.

Após cinco meses e meio de muito trabalho, Fisher aintigiu sua meta pesando cerca de 80 kg e faturando o valor inicial de US$ 600. O valor recebido foi menor do que o total apostado - que chegou a passar de US$, seguro em uma conta escrow -, porque serviu automaticamente para pagar as dívidas prévias de Fisher. O restante do valor, ele levou como prêmio.

Conforme o diário da Associação de Medicina da América, pessoas com motivação financeira têm chances cinco vezes maiores de atingir objetivos de perda de peso que aquelas sem esse incentivo. Fisher, no entanto, disse que o dinheiro não foi o principal motivador para o emagrecimento.

Segundo o  apostador, ele queria se tornar exemplo para seus sobrinhos e sobrinhas. "Eu queria estar próximo a eles e dar a eles o tio que eles pudessem admirar, não alguém que fosse uma bagunça", afirmou. "Dinheiro não deveria ser a motivação".

Fisher ainda disse que sua vida mudou para melhor depois da transformação, somando que ele acredita ser impossível recuperar o peso que perdeu. Mesmo assim, ele afirma: se isso acontecer, é só fazer outra aposta.

 

Redação O POVO Online

TAGS