PUBLICIDADE
Notícias

Desastres naturais custaram US$ 175 bilhões em 2016

Deste valor, 54 bilhões de dólares ficaram a cargo das seguradoras, ou seja, 42% a mais que em 2015

07:52 | 28/03/2017
Os desastres e catástrofes naturais em 2016 provocaram danos avaliados em 175 bilhões de dólares, quase o dobro de 2015 (94 bilhões), de acordo com o relatório anual Sigma, publicado nesta terça-feira pela empresa de resseguros Swiss Re.
Deste valor, 54 bilhões de dólares ficaram a cargo das seguradoras, ou seja, 42% a mais que em 2015, destacou a Swiss Re no estudo divulgado em Zurique.
No ano passado as catástrofes foram menos letais, no entanto, com 11.000 vítimas, contra mais de 26.000 em 2015.
No dia 15 de dezembro de 2016, a Swiss Re publicou uma estimativa de custo das catástrofes naturais e dos desastres provocados pelo homem no mundo no ano passado: 158 bilhões de dólares.
O ano de 2016 foi o de maiores custos em termos de danos econômicos relacionados com catástrofes desde 2012, destacou a Swiss Re. Isto se explica pelo grande número de catástrofes importantes, incluindo terremotos, tempestades, inundações e incêndios florestais" em todas as regiões do mundo.
A resseguradora suíça registrou 327 catástrofes em todo o mundo, 191 delas provocadas pela natureza e 136 pelo homem.
A Ásia foi o continente mais afetado pelas catástrofes, com 128 episódios registrados.
Um terremoto na ilha japonesa de Kyushu em abril de 2016 provocou o maior prejuízo econômico, avaliado em entre 25 e 30 bilhões de dólares.


AFP
TAGS