PUBLICIDADE
Notícias

Solo volta a ceder no Japão e interrompe tráfego

O prefeito da cidade pediu desculpas nas redes sociais

11:52 | 28/11/2016
Imagens do antes e depois da primeira vez em que a região foi consertada.
Imagens do antes e depois da primeira vez em que a região foi consertada.

[FOTO1]No dia 8 de novembro, uma cratera de cerca de 20 metros de largura e 15 metros de comprimento se abriu na cidade de Fukuoka e, em 48 horas, foi consertada. A rapidez da resolução do problema chamou atenção do mundo. Porém, neste sábado, 26, o solo voltou a ceder na mesma região e o trânsito ficou interrompido novamente.

Segundo o prefeito da cidade, Soichiro Takashima, que pediu desculpas pelo transtorno pelas redes sociais, o solo afundou 7 centímetros e o local está interditado para avaliação dos engenheiros.

De acordo com a agência “Kyodo”, as autoridades de Fukuoka suspeitam que o afundamento foi provocado pelas obras de ampliação da linha de metrô da cidade.

Fukuoka é quinta maior cidade do Japão, com 1,4 milhão de habitante.

 

 

Redação O POVO Online

TAGS