PUBLICIDADE
Notícias

Donald Trump faz 'reality show' para formar seu governo

Desfile de possível nomes até Nova York virou rotina

15:56 | 22/11/2016

A escolha para os nomes que farão parte do Gabinete de Donald Trump parece seguir o método programa "O Aprendiz", o reality show liderado pelo magnata na TV norte-americana. E a dança dos nomes aumenta, seja na suntuosa Trump Tower na Quinta Avenida em Manhattan ou no Trump National Golf Club de Nova Jersey.

Barack Obama já havia comentado por diversas vezes durante a campanha que uma Presidência de Trump se transformaria, inevitavelmente, em um reality show. E, nestes dias de trabalho frenético no qual o republicano e seu "time de transição" estudam a equipe de governo, o desfile de candidatos a vários postos-chave se assemelha cada vez mais ao programa de TV que fez "The Donald" virar uma estrela mundial.

E desfilaram inúmeros personagens, como Mitt Romney e Rick Perry, passando pelo ex-general James Mattis. Eles são recebidos, ouvidos, avaliados e mantidos em uma espécie de "stand-by" na espera para um veredicto final. E em frente a tudo isso, as câmeras de televisão de meio mundo.

Uma forma de show que não faz mais do que aumentar o suspense e as expectativas por decisões rápidas. Sem embargo nas últimas horas, depois das primeiras cinco nomeações, não se registram novidades.

Os analistas lembram que, em 2008, Barack Obama continuou com nomeações até dezembro, mesmo que o método tenha sido radicalmente oposto com diálogos reservados e pouco publicados. Salvo surpresas, é provável que cada novo anúncio seja conhecido depois do tradicional feriado do Dia de Ação de Graças, no dia 24 de novembro.

ANSA
TAGS