PUBLICIDADE
Notícias

David Bowie teria cometido suicídio assistido, diz jornalista

O cantor não teria envolvido familiares e amigos para que eles ficassem protegidos

14:50 | 20/09/2016
NULL
NULL

[FOTO1]

Uma declaração gerou uma polêmica em torno da morte de David Bowie. Segundo a biógrafa e jornalista Lesley-Ann Jones, o falecimento do cantor teria sido resultado de um suicídio assistido, após uma longa batalha contra o câncer. Em entrevista a um programa da rádio BBC, a inglesa afirmou ter reunido fontes e evidências suficientes que comprovam sua teoria.

“Já conversei com várias pessoas que sugeriram que a morte dele foi resultado de suicídio assistido. Quem o auxiliou nessa missão e como isso foi feito jamais será revelado. Tenho certeza que ele não envolveu familiares e amigos para que eles ficassem protegidos”, revela.

As teorias de Lesley foram endossadas pelo DJ da BBC Andy Peeble. Para ele, a morte do cantor logo após o lançamento de seu último disco teria sido um dos últimos atos de Bowie: “Ele construiu a sua despedida. Foram duas músicas lançadas em poucos dias e logo depois um de seus trabalhos mais importantes no dia do aniversário dele. Aí dois dias depois ele morre. Eu não consigo ver isso tudo como coincidência”.

A família do cantor ainda não se pronunciou sobre as alegações.

Redação O POVO Online

TAGS