PUBLICIDADE
Notícias

Futebol feminino perde para a Suécia e disputará bronze

16:55 | 16/08/2016
Seleção brasileira feminina passa terceiro jogo seguido sem marcar gols e é eliminada pelas suecas nos pênaltis. Decisão da medalha de bronze será contra o perdedor da semifinal entre Alemanha e Canadá. O sonho do ouro acabou para a seleção feminina. Diante do estádio do Maracanã lotado, o Brasil não saiu de um empate em 0 a 0 contra a Suécia e acabou sendo derrotado nos pênaltis por 4 a 3. Cristiane e Andressinha desperdiçaram as cobranças brasileiras. Após a derrota, atletas desabaram no choro no gramado. A seleção feminina tinha a chance de dar o primeiro ouro ao futebol brasileiro, já que a final será disputada um dia antes da decisão masculina. Agora a equipe disputará a medalha de bronze, na sexta-feira, contra o perdedor de Canadá e Alemanha. Caso conquiste o bronze, será a terceira medalha olímpica do futebol feminino depois das medalhas de prata em Atenas e Pequim. Os Jogos do Rio de Janeiro eram vistos como uma excelente chance de buscar uma maior visibilidade para o futebol feminino no Brasil carente de infraestrutura, de apoio e de profissionalismo. A missão acabou interrompida justamente pela Suécia, adversário que fora goleado por 5 a 1 na fase de grupos. Nesta terça-feira, o Brasil repetiu o domínio de jogo, mas pecou nas finalizações. Nos 90 minutos de partida, a seleção brasileira finalizou 28 vezes, mas acertou a meta sueca em apenas oito e estes chutes não deram muito trabalho à goleira sueca Rut Hedvig Lindhal. A Suécia, assim como contra os EUA, apostou na retranca defensiva bem montada pela treinadora Pia Sundhage (bicampeã olímpica com os EUA): foram apenas três finalizações no jogo. A seleção brasileira havia começado avassaladora nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Venceu e China por 3 a 0 e depois goleou as suecas. Porém, desde então, não conseguiu anotar um gol sequer. Foram três empates em 0 a 0: África do Sul, Austrália e agora contra a Suécia. Autor: Philip Verminnen
TAGS