PUBLICIDADE
Notícias

Hillary e Trump aparecem empatados em nova pesquisa

16:26 | 14/07/2016
Os dois candidatos à Casa Branca têm 40% das intenções de voto, segundo pesquisa CBS News/NYT. Escândalo dos e-mails privados pode ter prejudicado a democrata, pois aumenta o percentual dos que não confiam nela. Os candidatos à presidência dos Estados Unidos Donald Trump e Hillary Clinton aparecem empatados na pesquisa divulgada nesta quinta-feira (14/07) pelo jornal americano The New York Times e a emissora CBS News. Ambos contam com o apoio de 40% dos eleitores. Na mesma pesquisa há um mês, Hillary tinha uma vantagem de seis pontos percentuais sobre Trump (43% contra 37%). A perda de apoio pode ser reflexo da investigação conduzida pelo FBI no caso do servidor privado de e-mail que a democrata usou quando era secretária de Estado. O diretor do órgão chegou a afirmar que ela não teve intenção de violar a lei, mas ressalvou que Hillary foi "extremamente negligente" ao usar um servidor pessoal para enviar e-mails governamentais. Cerca de 67% dos entrevistados disseram que não confiam em Hillary, um aumento de cinco pontos percentuais quando comparado com a pesquisa de junho. Por outro lado, 28% a consideram honesta. Trump tem melhor avaliação, com 62% dos eleitores dizendo que não confiam no republicano. A percentagem dele se manteve constante desde a última pesquisa. Mesmo com esses resultados, 50% dos eleitores acreditam que Hillary está melhor preparada para assumir a presidência americana, enquanto 30% pensam o mesmo de Trump. Acontece o mesmo na avaliação de como cada candidato abordaria os problemas raciais no país: a democrata tem 60% de aceitação, enquanto o republicano tem apenas 29%. Já Trump é apontado por 52% como aquele que faria um melhor trabalho na economia e criação de empregos, contra 41% que preferem Hillary. Por outro lado, a imagem que os candidatos projetam entre os eleitores continua negativa. Apenas 28% dos entrevistados disseram ter uma visão positiva de Hillary, em comparação com 33% no mês passado. Os números de Trump melhoraram ligeiramente: 30%, ante 26% em junho. A pesquisa ainda mostrou um eleitorado profundamente dividido não só entre republicanos e democratas, mas também demograficamente. Hillary tem um forte apoio entre mulheres, afro-americanos e os mais jovens. Já Trump é apoiado principalmente por homens e brancos. EK/afp/efe/ots
TAGS