PUBLICIDADE
Notícias

Impacto direto do Brexit na economia dos EUA será limitado, diz Fitch

16:00 | 28/06/2016
A agência de classificação de risco Fitch divulgou um relatório hoje no qual estima que a saída do Reino Unido da União Europeia terá um impacto direto limitado na economia dos Estados Unidos. Segundo a Fitch, o principal efeito do Brexit será sentido no fortalecimento do dólar, que vai limitar o crescimento e poderá postergar a próxima alta de juros do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA).

De acordo com o relatório, o choque nos negócios mundiais representa menor risco aos EUA do que a outros países industrializados. "A exportação de bens e serviços para o mercado britânico representa 5,5% das exportações dos EUA. Um maior isolamento do Reino Unido teria um impacto significativo, mas não seria grande e teria pouco efeito no crescimento", diz o documento.

Além disso, o total de exportações para a União Europeia corresponde a quatro vezes o tamanho de exportações para o Reino Unido e três vezes o estoque de investimentos de multinacionais norte-americanas no Reino Unido, segundo a Fitch. "Um impacto mais grave na economia europeia, por outro lado, traria maiores complicações para as nossas previsões de crescimento dos EUA", afirma o relatório. (Flavia Alemi - flavia.alemi@estadao.com)

TAGS