PUBLICIDADE
Notícias

Homem vende empresa por US$ 1,8 bi e agora dirige um Uber

De acordo com a revista Inc, publicada nesta semana, a carona de luxo não é fruto da necessidade de complementar a renda

20:11 | 28/06/2016
NULL
NULL

O empreendedor Paul English, co-fundador do site de viagens Kayak – vendido por 1,8 bilhão de dólares em 2012 – agora é motorista do Uber em Boston, nos EUA.

Ele pode ser encontrado pelas ruas de Boston levando passageiros em seu Tesla Model S.

[SAIBAMAIS3] 

De acordo com a revista Inc, publicada nesta semana, a carona de luxo não é fruto da necessidade de complementar a renda. Paul decidiu se tornar motorista da empresa para fazer negócios. O contato com as pessoas ajudam o empreendedor a colher informações para seu novo projeto – a startup Lola.

Um dos objetivos do empreendedor ao dirigir pelo Uber é entender como é a sensação de ser avaliado o tempo todo. Sua ideia é estabelecer um sistema de avaliação semelhante ao do aplicativo, com notas de 1 a 5, para que os clientes da Lola avaliem o trabalho dos agentes de viagem.

“Se o passageiro me pergunta com que eu trabalho, digo que sou engenheiro, e então pergunto o que ele faz. É mais interessante ouvir as histórias deles do que falar de mim”, disse o empresário em entrevista à revista Inc.

Kayak x Lola

Enquanto o Kayak é um site que permite a reserva de hotéis com poucos cliques e sem a necessidade de procurar uma agência, a Lola, nova aposta de Paul English, é justamente o oposto.

Redação O POVO Online

TAGS