PUBLICIDADE
Notícias

EUA não apoiam suspensão da Venezuela na OEA

17:40 | 14/06/2016
Kerry anuncia apoio americano à VenezuelaAlém de declarar apoio à Venezuela, secretário de Estado americano, John Kerry, anuncia retomada das conversas com o governo de Nicolás Maduro para diminuir tensões entre os dois países. O secretário de Estado americano, John Kerry, afirmou nesta terça-feira (14/06) que os Estados Unidos não apoiam o processo que poderá resultar na suspensão da Venezuela na Organização dos Estados Americanos (OEA). No final de maio, o secretário-geral da OEA, Luis Almagro, acusou o presidente venezuelano Nicolás Maduro de ameaçar a democracia ao bloquear a atuação do Congresso e acionou, pela primeira vez na história, a chamada Carta Democrática Interamericana sem o consentimento expresso do governo legítimo do país afetado. A OEA deverá decidir neste mês sobre o processo que poderá resultar na suspensão da Venezuela no organismo internacional. Os Estados Unidos enviarão o subsecretário de Estado para assuntos políticos Thomas Shannon, que foi embaixador no Brasil, como representante na reunião do organismo internacional. Após um encontro com a ministra venezuelana do Exterior, Delcy Rodríguez, Kerry anunciou ainda que a Venezuela e os Estados Unidos retomaram as conversas para diminuir as tensões entre os dois países. Em março, o presidente americano, Barack Obama, prorrogou por mais um ano a ordem executiva que estabelece sanções contra funcionários do governo venezuelano e estado de "emergência nacional" nos EUA devido aos riscos que a situação na Venezuela representa ao país. Ao justificar a manutenção da medida, o democrata afirmou que o governo de Maduro continua minando as garantias de direitos humanos. Além da crise política, a Venezuela enfrenta uma profunda crise econômica que tem gerado protestos em todo o país. CN/rtr
TAGS