PUBLICIDADE
Notícias

Tratadores de um zoológico matam gorila para salvar criança de quatros anos

O menino caiu de uma altura de quatro metros dentro do cativeiro do animal. A decisão da equipe do zoológico foi criticada já que se tratava de um espécie em extinção

16:30 | 30/05/2016
NULL
NULL
Tratadores de um zoológico de Cincinnati,nos Estados Unidos, mataram um gorila após uma criança de quatro anos cair na jaula do animal. O menino caiu de altura de quatro metros dentro da área reservada ao Harambe, gorila de 181 quilos. Segundo informações do diretor do zoológico, Thane Maynard, o animal chegou a agarrá-lo. Para salvá-lo, a equipe optou por matar o gorila a tiros. “Foi feita a escolha de abater Harambe, então ele se foi”, afirmou.
 
O garoto não sofreu nenhum ferimento grave por conta da queda, mas foi encaminhado ao hospital para observação. No momento do acidente, duas gorilas fêmeas estavam no local. A espécie do animal está ameaçada de extinção e o zoológico aguardava a maturidade de Harambe para reprodução. 
 
[SAIBAMAIS3] 
 
A morte do gorila gerou crítica ao zoológico. Mais de 55 mil pessoas assinaram uma petição no site Change.org contra a morte do animal e que pede aos pais se responsabilizaram pela falta de supervisão de seus filhos. Outra ação foi realizada contra a decisão do zoológico. A página do Facebook “Justiça para Harambe” conta com mais de 2.000 curtidas.
 
Sobre a decisão do zoológico, o diretor disse que a equipe optou por matá-lo, já que o uso de tranquilizantes podia levar algum tempo para fazer efeito. “Eles fizeram uma dura escolha e fizeram a escolha certa, porque salvaram a vida do menino”, afirmou.
 
Redação O POVO Online 
TAGS