PUBLICIDADE
Notícias

Panamá Papers mostram que "evasão fiscal é um grande problema global", diz Obama

16:50 | 05/04/2016
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que o vazamento de 11,5 milhões de documentos de uma firma de advocacia no Panamá - conhecidos como Panama Papers - lança luz sobre um mundo em que indivíduos ricos podem proteger sua riqueza das autoridades fiscais e são mais um lembrete de que "a evasão fiscal é

um grande problema global".

Segundo ele, os Panama Papers demonstram que os líderes devem fazer mais para estreitar as leis tributárias e reprimir indivíduos e empresas que utilizam paraísos fiscais. Obama ainda afirmou que os EUA e outros países devem "dar o exemplo" em fechar lacunas.

"Muitas delas são legais, e esse é exatamente o problema", afirmou.

Obama defendeu ações para conter uma prática financeira corporativa conhecida como inversão fiscal e pediu ao Congresso para fechar "uma das brechas fiscais mais insidiosas lá fora". A inversão fiscal acontece quando uma empresa americana muda seu endereço comercial para outro país a fim de obter vantagem tributária.

Os comentários de Obama foram feitos um dia após o Departamento do Tesouro dos EUA anunciar uma série de medidas para tornar as fazer inversões fiscais menos atraentes.Fonte: Associated Press

TAGS