PUBLICIDADE
Notícias

Mogherini, da UE, se emociona ao falar sobre ataques em Bruxelas

12:00 | 22/03/2016
A chefe da política externa da União Europeia, Federica Mogherini, teve de lutar com as lágrimas, após saber sobre os ataques terroristas realizados mais cedo em Bruxelas. A autoridade abandonou abruptamente uma entrevista coletiva na Jordânia, após dizer que "hoje é um dia difícil".

Mogherini realizava sua declaração inicial em uma entrevista coletiva conjunta com o ministro das Relações Exteriores jordaniano, Nasser Judeh, quando foi tomada pela emoção. Quando Judeh começou a falar, ela caminhou na direção dele e, falando baixo, pediu desculpas. Após um breve abraço no ministro, a dupla deixou o local.

Pelo menos 31 pessoas morreram na explosão de bombas no aeroporto de Bruxelas e em uma estação de metrô da cidade belga.

Mogherini disse em sua fala inicial que hoje era "um dia muito triste para a Europa, já que a Europa e sua capital estão sofrendo a mesma dor que esta região já conheceu e conhece todos os dias, seja na Síria ou em outras partes". Além disso, ela elogiou a Jordânia por defender um islamismo moderado. Fonte: Associated Press.

TAGS