PUBLICIDADE
Notícias

George Martin, ex-produtor dos Beatles, morre aos 90 anos

Ringo Starr foi quem divulgou a informação por meio das redes sociais nesta quarta-feira, 9

07:22 | 09/03/2016
NULL
NULL

George Martin, ex-produtor dos Beatles, morreu nesta quarta-feira, 9, aos 90 anos. A informação foi divulgada nas redes sociais pelo baterista Ringo Starr.


No Facebook, Ringo se despediu daquele que era considerado "o quinto Beatle", publicando uma foto do grupo. “Deus abençoe George Martin. Paz e amor a Judy e sua família. Com amor, Ringo e Barbara. George, você deixará saudade”.
[VIDEO1]

Os Beatles começaram a trabalhar com George Martin em junho de 1962, quando o empresário do grupo, Brian Espstein, seu descobridor, assinou um contrato com a gravadora Emi-Parlophone.

Martin, diretor da Emi-Parlophone, que produziu quase todos os discos do quarteto de Liverpool, teve um papel decisivo na integração de Ringo no grupo, substituindo o baterista Pete Best.

George Martin nasceu em 1926 no norte de Londres.
Filho de carpinteiro, Martin estudou na prestigiada escola de música de Ghildhall e tocava oboé nos clubes noturnos.

Depois trabalhou na BBC até 1955, quando aos 29 anos foi nomeado diretor da Parlophone.

O produtor teve dois filhos, Alexis e Gregory, com sua primeira esposa, Sheena Chisolm, e outros dois filhos, Lucie e Giles, com sua segunda esposa, Judy Lockhart-Smith.

Além de ter trabalhado com os Beatles, George também produziu bandas como Earth, Wind and Fire, Linkin Park, Elton John, Celine Dion, Dire Straits, Sting, Rolling Stones e o tenor Jose Carreras. Também gravou dois discos do ex-Beatle Paul McCartney, "Tug of War" e "Pipes of Peace".

A causa de sua morte não foi revelada.

 

Famosos se despedem

Logo depois do anúncio da morte de Martin as mensagens de pêsames começaram a chegar. "As lendas estão voltando para casa", escreveu Lenny Kravitz em referência a Martin, um "produtor visionário".

"Sir George Martin era um gigante da música - junto aos Fab Four criou a música pop mais duradoura do mundo", escreveu no Twitter o primeiro-ministro britânico, David Cameron.

"Descanse em paz, George Martin. Estou tão chateado que não tenho palavras", escreveu Sean Lennon sob uma foto de George Martin no Instagram.

"Penso em Judy e Gile. Meu amor para sempre", acrescentou o filho de John Lennon.

Redação OPOVO Online com infromações da AFP
TAGS