PUBLICIDADE
Notícias

Atenas usará alto-falantes em campo de refugiados para combater rumores

Porta-voz para a coordenação da política de imigração grega lamentou os "rumores irresponsáveis e a desinformação" que se alastraram "como fogo"

10:11 | 28/03/2016
As autoridades gregas vão instalar em breve alto-falantes no campo de refugiados de Idomeni, a fim de evitar a propagação de rumores falsos, tais como a abertura iminente da fronteira greco-macedônia no último domingo, informou um porta-voz do governo.

Giorgos Kyritsis, porta-voz para a coordenação da política de imigração grega, lamentou os "rumores irresponsáveis e a desinformação" que se alastraram "como fogo" entre "pessoas sob pressão e vivendo em condições muito difíceis".

No domingo, 27, centenas de migrantes, incluindo várias famílias e pessoas em cadeiras de rodas, reuniram-se na fronteira após disseminação da informação de que a fronteira seria aberta em breve.

Duas semanas atrás, um episódio semelhante ocorreu, quando centenas de pessoas, seguindo ordens que vieram não se sabe de onde, cruzaram o rio que separa os dois países e, em seguida, foram devolvidos pelo exército macedônio a Idomeni. Mais cedo, três afegãos - um homem e duas mulheres, uma delas grávida - que haviam saído antes do primeiro grupo, afogaram-se tentando atravessar o rio.

[SAIBAMAIS 2] Apesar das tentativas de convencer os migrantes que vegetam no acampamento improvisado para que se instalem em estruturas mais habitáveis, 11.400 pessoas permaneciam nesta segunda de manhã em Idomeni, de acordo com dados oficiais, dos 50.146 migrantes e refugiados registrados na Grécia.

A implementação do acordo UE-Turquia, criticado por organizações humanitárias e as Nações Unidas, visa reduzir o fluxo de migrantes no mar Egeu e no momento parece estar funcionando: 232 pessoas chegaram de barco entre domingo e segunda-feira e, no total, 1.331 na última semana, um número muito pequeno em comparação com as milhares de pessoas que chegavam todos os dias no verão.

AFP
TAGS