PUBLICIDADE
Notícias

Ataque no Iêmen deixa 16 mortos, entre eles 4 freiras

14:20 | 04/03/2016
Homens armados atacaram uma casa de repouso no sul do Iêmen administrada por uma entidade de caridade estabelecida pela Madre Teresa, matando 16 pessoas, entre elas quatro freiras católicas, disseram autoridades e testemunhas nesta sexta-feira. O ataque envolveu seis pessoas, segundo as fontes.

Uma testemunha, Khaled Haidar, disse que havia contado 16 corpos, entre eles o de seu irmão, Radwan. Todos receberam tiros na cabeça e haviam sido algemados. Segundo ele, além das quatro freiras, um cozinheiro iemenita e guardas do próprio país estavam entre os mortos.

A entidade que administra a casa de repouso é a Missionárias da Caridade. Uma porta-voz dela, Sunita Kumar, disse na cidade indiana de Kolkata que os membros da entidade estão "chocados" com as mortes. "As irmãs estavam para voltar, mas optaram por ficar para servir às pessoas", acrescentou ela. Segundo a porta-voz, duas das freiras mortas eram de Ruanda, uma era da Índia e a outra, do Quênia.

Mais cedo, autoridades iemenitas e indianas disseram que todas as freiras mortas eram indianas, mas a informação foi corrigida pela entidade. Uma fonte dos Médicos Sem Fronteiras disse que um hospital gerenciado pelo grupo recebeu 15 corpos. Haider disse que sua família levou o corpo de seu irmão direto para o enterro.

As Missionárias da Caridade foram estabelecidas pela Madre Teresa. A entidade já foi alvo de um ataque no Iêmen em 1998, quando homens armados mataram três freiras na cidade portuária de Hodeida, no Mar Vermelho.

Uma guerra civil dividiu o país em dois. Na região norte, os rebeldes xiitas estão no controle, mas essa área é alvo de uma grande campanha aérea da coalizão liderada pelos sauditas. Na região sul, controlada pelo governo reconhecido internacionalmente e apoiado pela Arábia Saudita, há um vácuo de poder e de segurança. O Estado Islâmico e afiliados da Al-Qaeda exploraram esse vácuo de poder e passaram a controlar áreas no sul iemenita. Fonte: Associated Press.

TAGS