PUBLICIDADE
Notícias

Adolescente é decapitado por ouvir música pop no Iraque

Estado Islâmico proibi canções e músicas porque impedem a lembrança de Deus e do Corão

19:05 | 18/02/2016
NULL
NULL

O jovem Ayham Hussein, de 15 anos, foi decapitado pelo Estado Islâmico (EI) no Iraque depois de ter sido flagrado ouvindo música ocidental em um dispositivo portátil. Segundo um porta-voz centro de mídia do EI em Nínive disse ao site ARA News que o adolescente foi preso por militantes no reduto Mosul, no Iraque. O jovem teve que enfrentar um tribunal islâmico sendo condenado à morte em uma execução pública. O corpo de Ayham foi entregue à família na terça-feira, 16.

O EI, há dois anos, proibiu músicas e canções nos carros, festas, lojas e espaços públicos. De acordo com o grupo terrorista, elas são proibidas no Islã por impedirem a lembrança de Deus e do Corão e representam a tentação e corrupção do coração.

O relatório anual de terrorismo do Departamento de Estado americano diz que o EI já superou a Al-Qaeda com principal grupo terrorista no mundo. O grupo domina uma série de territórios na Síria e no Iraque, além de manter células espalhadas em diversas partes do mundo.

Redação O POVO Online

TAGS