PUBLICIDADE
Notícias

Franceses protestam contra renovação de estado de emergência

16:05 | 30/01/2016
Milhares de pessoas marcharam em Paris contra os planos de renovar o estado de emergência na França. Grupos de direitos humanos, políticos e sindicatos participaram do protesto neste sábado na capital francesa.

A França impôs o estado de emergência, o qual aumenta o poder da polícia e das autoridades administrativas, depois dos ataques de 13 de novembro que mataram 130 pessoas. A expectativa é que esta medida seja renovada no fim de fevereiro.

Sobre o estado de emergência, Jean-Baptiste Eyraud, presidente da associação Direito à Moradia (Droit au Logement, DAL, em francês), afirmou que a "democracia está andando para trás". Na semana passada, uma alta corte francesa confirmou a medida, dizendo que o perigo "não desapareceu".

Houve protestos também pelo contra os planos de revogar a cidadania francesa dos condenados por terrorismo que tenham mais de uma nacionalidade. Eles alegam que a medida irá alimentar o racismo. Pela atual lei francesa, a revogação da cidadania só pode ocorrer quando as pessoas foram naturalizadas, nunca quando elas nascem na França. O procedimento raramente é implantado. A nova regra estenderia a revogação a qualquer pessoa com dupla nacionalidade, mas não pode ser aplicada a pessoas que são apenas cidadãos da França. Isso porque leis internacionais impedem que uma pessoa seja deixada sem qualquer cidadania. Fonte: Associated Press.

TAGS