PUBLICIDADE
Notícias

Cingapura deporta 26 bengaleses sob suspeita de apoiarem terroristas

09:25 | 20/01/2016
Cingapura informou nesta quarta-feira que deportou 26 bengaleses que trabalhavam na construção civil sob suspeita de fazerem parte da formação de um grupo de estudo religioso que difunde a ideologia do grupo Estado Islâmico e da Al-Qaeda.

Segundo o Ministério da Administração Interna, eles foram detidos em novembro sem julgamento no âmbito da rigorosa Lei de Segurança interna.

As autoridades afirmaram que eles realizavam reuniões semanais fechadas para compartilhar materiais relacionados aos jihadistas do Estado Islâmico e da Al-Qaeda no Iraque e na Síria e discutir conflitos armados envolvendo muçulmanos.

De acordo com o ministério, alguns membros do grupo haviam planejado "atos violentos no exterior, mas não haviam previsto nenhum ataque terrorista em Cingapura".

Os suspeitos eram cidadãos de Bangladesh e foram detidos nos dias 16 de novembro e 1 de dezembro. O único bengalês que não foi expulso cumpre pena por tentativa de fuga de Cingapura quando soube da detenção dos demais integrantes do grupo. Após o fim da pena, ele também será deportado. Fonte: Associated Press.

TAGS