PUBLICIDADE
Notícias

Ataques na Síria matam pelo menos 20 em Homs, diz agência de notícias estatal

08:55 | 26/01/2016
Pelo menos 20 pessoas morreram nesta terça-feira em ataques múltiplos com bombas contra um posto de controle de segurança do governo na cidade de Homs, no centro do país, disse a agência de notícias estatal Sana. O ataque, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico, ocorreu no momento em que forças do governo retomavam no sul do país outra cidade estratégica das mãos dos combatentes e de milicianos da oposição.

O posto de controle foi atacado "primeiro com um carro-bomba, ao que se seguiu um atentado suicida", disse à agência Sana o governador de Homs, Talal Barazi. O Estado Islâmico reivindicou a autoria, segundo a agência de notícias Aamaq, afiliada ao grupo extremista.

O ataque ocorreu no bairro de Zahra, onde vivem sobretudo membros da seita alauita, um ramo do Islã do qual faz parte o presidente sírio, Bashar al-Assad.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, sediado no Reino Unido, disse que o número de vítimas subiu para 25 e que 15 dos mortos eram membros das forças de segurança. O Observatório recebe dados de uma rede de informantes pela Síria.

Homs é a terceira maior cidade da Síria e foi uma das primeiras a se levantar contra o governo de Damasco, em 2012. Desde então, forças do governo conseguiram expulsar a maioria dos insurgentes na área e grande parte da cidade ficou destruída.

Enquanto isso, no sul da Síria, as forças do governo tomaram o controle da cidade de Sheikh Meskin, encerrando uma ofensiva que começou no fim de dezembro para retomar a área, após tomarem uma base militar próxima. Fonte: Associated Press.

TAGS