PUBLICIDADE
Notícias

Homem é morto depois de esfaquear estudante em uma sinagoga de Nova York

14:10 | 09/12/2014
Um homem de 49 anos morreu baleado pela polícia após esfaquear um estudante judeu dentro de uma sinagoga do bairro do Brooklyn. Segundo autoridades, o policial efetuou o disparo depois de o homem ter se recusado a soltar a faca.

Segundo o rabino Motti Seligson, porta-voz da Chabad-Lubavitch, entidade judaica onde ocorreu o incidente, o homem entrou no prédio por volta das 1h40 da madrugada, com uma faca de 23 centímetros. Ele atacou Levi Rosemblat, que estava estudando dentro da sinagoga, e o feriu na cabeça. No momento, outras pessoas também estavam no local.

De acordo com outra porta-voz da entidade, Rabbai Chaim Landa, testemunhas disseram ter ouvido o homem repetindo "mate os judeus". Uma delas avistou um policial, que entrou e confrontou o homem. Ele jogou a faca no chão, mas voltou a pegá-la. Mais policiais chegaram e continuaram a exigir que ele soltasse a faca. O homem então avançou contra um dos oficiais, que disparou a arma.

O morto ainda não havia sido identificado, mas a polícia disse que ele é de Nova York e tem antecedentes criminais. O estado de saúde de Rosenblat, o estudante de 22 anos, era estável, segundo a polícia. Fonte: Associated Press.

TAGS