PUBLICIDADE
Notícias

Bombardeio atinge líder terrorista na Somália, diz Pentágono

20:40 | 29/12/2014
Foi realizado um ataque aéreo pelos Estados Unidos na Somália com alvo em um líder do

grupo extremista Al-Shabab, afirmou o Pentágono nesta segunda-feira. Não foi informada a identidade do líder nem se o ataque foi bem-sucedido;

Um oficial sênior de Defesa americano disse que o bombardeio não visava Ahmad Umar, que assumiu a liderança do grupo quando o comandante anterior, Ahmed Abdi Godane, foi morto em um ataque aéreo americano na Somália em 1º de setembro. O funcionário falou sob condição de anonimato.

Em uma breve declaração escrita, o Pentágono disse que o ataque aéreo ocorreu nesta segunda-feira nas imediações de Saakow. O órgão não deu detalhes, além de dizer que não acredita que a ação tenha causado vítimas civis e que está avaliando os resultados do ataque.

O Al-Shabab é um grupo militante islâmico ultraconservador, ligado à rede terrorista Al-Qaeda e quer ocupar a Somália por sua estrita interpretação da lei Sharia. Umar, o principal líder do grupo, é chamando por diversas formas. Oficiais de inteligência na Somália o conhecem como Sheikh Abdikarim Mahad. Em 2012, os Estados Unidos ofereceram uma recompensa de US$ 3 milhões para informações que levassem à sua prisão. Fonte: Associated Press.

TAGS